ERP - O que ele pode fazer pelo seu negócio

Negócios Soluções Tecnologia 23 de Outubro de 2018

ERP - O que ele pode fazer pelo seu negócio

Você conhece as funcionalidades de um bom ERP? E o que ele pode fazer pelo seu negócio? Preparamos neste artigo uma nota sobre o conceito de ERP e como ele facilita a conexão dos setores na sua empresa.

A sigla ERP significa “Enterprise Resource Planning” ou sistema de gestão integrado.

O ERP permite gerar, armazenar e distribuir as informações entre diferentes setores da empresa , facilitando a gestão e a comunicação nos processos do negócio.

Com as informações compartilhadas os processos se tornam mais assertivos a organização mais eficiente e os procedimentos mais confiáveis. A comunicação entre as equipes passa a ser mais efetiva e as dificuldades podem ser resolvidas com mais agilidade, evitando embaraços com clientes ou com fornecedores.

O sistema favorece ainda uma visão da empresa em sua totalidade, geração de informações úteis para tomada de decisão, auditoria e controladoria. Além disso, o ERP permite planejar, controlar gastos, permite que a empresa possa crescer e desenvolver-se sem comprometer o controle.

Dois aspectos são importantes no momento de implantar um novo ERP:

I. Quais são os principais benefícios que o ERP deve trazer para minha empresa? - Controle das atividades financeiras: contas a pagar, contas a receber, tesouraria, fluxo de caixa, cobrança, demonstrativos de resultado em geral; - Gestão de compras e estoques: MRP, MRP 2, processos internos de requisições, cotações e ordens de compras, almoxarifado; - Relacionamento com clientes: controle das vendas, representantes e relatórios diversos de performance comercial; - Faturamento: desencadeando o controle dos estoques, comissões, fiscal; - Produção: engenharia de produtos, custos, planejamento, expedição, apontamentos de produção, qualidade. O ERP propicia melhorias perceptíveis em uma organização; entre elas está a maior confiabilidade dos dados, atualizados em tempo real, controle de custos e redução do retrabalho.

II. Quais aspectos podemos considerar importantes para implantação de um ERP?

- A primeira análise deve ser a aderência do ERP ao negócio da empresa, ou seja, priorizar sistemas que foram construídos para atender ao mercado ao qual a empresa está inserida. Fatores importantes e essenciais de cada tipo de negócio devem estar contemplados nos sistemas a serem absorvidos pela empresa; - Outra análise que sugerimos está relacionada às competências da equipe gerencial. O sucesso do trabalho de implantação bem como a manutenção do ERP posteriormente está diretamente ligado à competência do time que lidera os processos operacionais; - A construção do projeto de implantação é tão importante quanto a implantação em si. É na fase de projeto que as principais demandas são observadas e planejadas; - Gestão do projeto: muito importante para dar produtividade e foco no processo de implantação; - Rotina de melhorias: muitos processos podem ter sido deixados de lado no momento do projeto de implantação por diversos fatores. Também, se o ERP tiver o conceito de multiempresa, irá naturalmente evoluir em possibilidades de controle ao longo do tempo. Dito isto, criar a cultura de melhoria em sistema pode ser um diferencial competitivo para empresa.

Quer conhecer a ferramenta na íntegra para seu negócio? Aproveite e agende uma conversa conosco!

Postagens relacionadas

Negócios Soluções

Conciliar a demanda produtiva é uma necessidade da sua empresa? Elaboramos aqui...

Negócios

A TI Soluções estará na Febratex 2018 – a maior feira brasileira para a Ind...

Negócios

Bem-vindo (a) a mais um artigo que elaboramos com vistas em auxiliá-lo (a) em s...

Fique tranquilo, nós também odiamos spam.

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba dicas interessantes de gestão.