Orçamento Empresarial

Negócios 02 de Outubro de 2016

Orçamento Empresarial

O orçamento financeiro contribui na implantação das estratégias da empresa traduzindo em números as receitas, custos e despesas que serão obtidos ao longo de um período. É mais do que uma simples estimativa, pois deve estar baseado no compromisso dos gestores em termos de metas a serem alcançadas. O orçamento deve ser acompanhado diariamente – Gestão; e sempre comparar o orçado com o realizado para que sejam feitos os ajustes necessários, pois fatores externos como a economia, mercado, moeda, tecnologia, cenário social, legal, fiscal e concorrência influenciam diretamente no mesmo.

A elaboração de um orçamento baseia-se no plano de operações da empresa. Uma das metas que o plano de operações define é a remuneração que se há de obter pelo capital a ser investido, ou seja, o lucro a ser alcançado com a receita orçada.

Para que se faça um bom orçamento é necessário se observar alguns requisitos:

  • Apoio efetivo da alta administração na implantação e utilização do sistema orçamentário como instrumento de gestão e comunicação na empresa;
  • Criar a "Cultura Orçamentária" na empresa, não somente em sua implementação mas, sim, no consumo diário de fatores bem como na obtenção de receitas;
  • Participação de áreas e escalões administrativos envolvidos na elaboração, acompanhamento e análise do orçamento; - Existência de uma direção ou coordenação geral para o processo orçamentário – donos de pacotes orçamentários;
  • Estrutura organizacional definida e adequada, dotada de infraestrutura administrativa e operacional, que ofereça reais condições a implantação e desenvolvimento do sistema orçamentário;
  • Contabilidade aberta e informatizada; Sistema de Informação – ERP/MRP/I;
  • Fixação de objetivos para a empresa;
  • Sistema orçamentário dotado de agilidade e flexibilidade.

Vantagens obtidas por meio da gestão por orçamento:

Estabelecimento de metas claras e desafiadoras para uma utilização mais inteligente dos recursos e maximização das oportunidades de ganhos: uma das principais vantagens da Gestão Orçamentária é a utilização da “inteligência coletiva da empresa”, na redução de custos e despesas, além de utilizar esta mesma inteligência para maximizar oportunidades que poderiam não ser exploradas em novos canais de venda ou mercados.Isto acontece exatamente por o Orçamento Empresarial ser uma ferramenta que trabalha ainda melhor quando envolve os gestores responsáveis por cada área.E naturalmente cada gestor conhece melhor que ninguém as necessidades de recursos (gastos, despesas e investimentos) de sua área e também (no caso do comercial) as possibilidades de negócios de cada cliente, cada canal de vendas.Desta forma, cada gestor soma seu conhecimento ao conhecimento geral do negócio, e quem ganha, claro, é a empresa.

Compartilhamento da responsabilidade: uma vez que os gestores são envolvidos na elaboração do planejamento orçamentário, passam a serem também responsáveis diretos pelas metas e objetivos que eles mesmos estabeleceram. Assim, uma das grandes vantagens da gestão orçamentária descentralizada é que a própria metodologia passa a gerar naturalmente uma maior integração dos gestores com a definição clara dos papéis e responsabilidades.A fim de equilibrar os interesses de seu departamento (centro de custo) com os interesses gerais da empresa, o grau de controle acaba sendo elevado, tanto por parte dos gestores de cada centro de custo, quanto pelos gerentes de departamento, de forma adequada e coerente.

Criação de uma base histórica de informações: um dos maiores benefícios gerados a médio e longo prazo na adoção da gestão orçamentária é a criação de uma base de dados que vai sendo formada incrementalmente com o passar dos meses e anos.Esta base de dados fornece informações importantíssimas sobre os comportamentos das receitas e despesas da empresa durante os anos, proporcionando ganhos de velocidade na elaboração dos próximos orçamentos, além de todo o aprendizado que traz acumulado.

Indicadores de Desempenho simples e acessíveis: geração de dados para compilação de indicadores de desempenho que ajudam a empresa a medir se está caminhando para atingir seus objetivos.Estes indicadores são importantes tanto para análise do Planejado x Realizado x Histórico (ano anterior), quanto para comparação de despesas e receitas similares de áreas diferentes.Assim, cada gestor pode comparar seus gastos (e também as receitas no caso da área comercial) com as metas estabelecidas para o mês, e também com os dos demais departamentos (centros de resultados), obtendo insights de onde pode atuar para melhor seus resultados.

Rápida identificação de desvios em relação as metas possibilitando ajustes em tempo: como sabemos, o Orçamento Empresarial é a tradução do plano estratégico em números. E como todo plano, desvios podem (e vão) ocorrer. A ocorrência de desvios orçamentários não é o problema. Problema é não realizar a rápida identificação destes desvios, bem como prover o tratamento adequado, seja atuando efetivamente sobre a causa básica ou mesmo criando planos de ação para corrigir e recuperar as perdas.

E você, já pensou em implementar a gestão orçamentária em sua empresa?

TI Soluções Empresariais. Soluções inteligentes pensadas para sua empresa.

Postagens relacionadas

Negócios

Seja bem-vindo (a) ao nosso quarto blog de uma série de oito artigos sobre plan...

Negócios

Seja bem-vindo (a) ao nosso terceiro blog de uma série de oito artigos sobre pl...

Negócios

Neste segundo blog, de uma série de oito artigos sobre planejamento estratégic...

Fique tranquilo, nós também odiamos spam.

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba dicas interessantes de gestão.