Planejamento Estratégico (Análise de Ambientes)

Negócios Soluções 21 de Fevereiro de 2018

Planejamento Estratégico (Análise de Ambientes)

Seja bem-vindo (a) ao quinto blog da série sobre planejamento estratégico. Este artigo aborda a análise dos ambientes – interno e externo, possíveis em uma organização.

Boa leitura!

A análise dos ambientes – interno e externo consiste em observar com olhos atentos as possibilidades e pontos fortes bem como as ameaças e pontos fracos que nossa empresa está submetida:

a)Internamente, por meio dos fatores disponíveis de produção, gente e gestão, parque fabril, tecnologia, etc.

b)Externamente, por meio da avaliação da concorrência, tendências, legislação, etc.

Em linhas gerais:

- Oportunidades são situações externas, tendências ou descontinuidades, futuras, que, se adequadamente aproveitadas pela empresa ou entidade, podem influenciá-la positivamente no cumprimento de sua Missão.

- Ameaças são situações externas, tendências ou descontinuidades futuras que, se não eliminadas, minimizadas ou prevenidas pela empresa ou entidade, podem afetá-la negativamente no cumprimento de sua Missão.

Observação: algumas situações podem configurar como oportunidade e ameaça simultaneamente.

- Pontos Fortes são certas características positivas, presentes na empresa ou entidade, tangíveis ou intangíveis, que influenciam favoravelmente o Instituto no cumprimento do seu Propósito.

- Pontos Fracos são características negativas, presentes na empresa ou entidade, tangíveis ou intangíveis, que a influenciam negativamente no cumprimento do seu Propósito

- Pontos a Melhorar são certas características positivas, presentes na empresa ou entidade, tangíveis ou intangíveis, porém não a nível suficiente para influenciar positivamente a instituição no cumprimento do seu propósito.

Uma ferramenta que poderá auxiliar o gestor a levantar as informações de forma organizada é a análise SWOT, muito utilizada no planejamento estratégico das empresas ou de novos projetos que consiste na realização de um diagnóstico completo sobre o negócio e o ambiente que o cerca.O resultado da análise é a criação da matriz, também chamada de Matriz SWOT, que ajuda a identificar os principais fatores internos a serem trabalhados e os pontos externos que demandam atenção.

A análise SWOT pode ajudar o negócio das seguintes formas:

- Dar mais segurança para a tomada de decisão

- Conhecer profundamente o cenário

- Compreender a posição em relação aos concorrentes

- Antecipar-se a movimentos externos

- Indicar alternativas de ação

A internet oferece muito conteúdo para formatação de uma análise SWOT em sua empresa – também podemos auxiliá-lo caso necessite. De qualquer forma, deixamos algumas dicas finais para uma análise assertiva:

- Seja realista – mascarar a realidade só irá prejudicar a sua empresa.

- Seja objetivo – explique em poucas palavras cada ponto, se necessário.

- Evite listas muito longas – priorize os pontos por relevância para o negócio.

- Combine com outras metodologias de análise de cenário e diagnóstico.

Bom trabalho!

Nosso próximo blog terá como tema Objetivos e Metas. Não perca! Você é nosso convidado.

Postagens relacionadas

Negócios Soluções Tecnologia

Você conhece as funcionalidades de um bom ERP? E o que ele pode fazer pelo seu ...

Negócios Soluções

Conciliar a demanda produtiva é uma necessidade da sua empresa? Elaboramos aqui...

Negócios

A TI Soluções estará na Febratex 2018 – a maior feira brasileira para a Ind...

Fique tranquilo, nós também odiamos spam.

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba dicas interessantes de gestão.