Planejamento Estratégico (Definição do Negócio)

Negócios 04 de Setembro de 2017

Planejamento Estratégico (Definição do Negócio)

      Neste segundo blog, de uma série de oito artigos sobre planejamento estratégico, iremos abordar o primeiro dos sete objetivos que, juntos, compõem o planejamento estratégico nas empresas. Estamos falando da definição do “Negócio”.

Vamos observar as máximas abaixo:

- Não me ofereça sapatos. Ofereça-me a comodidade para meus pés e o prazer de caminhar.

- Não me ofereça casa. Ofereça-me segurança, conforto e um lugar que prime pela limpeza e felicidade.

- Não me ofereça livros. Ofereça-me horas de prazer e o benefício do conhecimento.

- Não me ofereça coisas. Ofereça-me ideias, emoções, ambiência, sentimentos e benefícios. Por favor, não me ofereça coisas.

      A determinação do negócio em uma organização é uma das ações mais importantes pois dá direção aos esforços das pessoas. Entender o negócio é crucial para que todos possam caminhar com os mesmos objetivos.

      Até pouco tempo estudiosos definiam negócio como a expressão de quais produtos e serviços uma empresa quer fornecer. Este conceito está mais relacionado às características da operação, não retratando os benefícios que os referidos produtos e serviços podem oferecer a um público pré-definido. Em outras palavras, a tendência natural é definir negócio centrado no produto ou serviço da empresa, o que chamamos de visão míope, pois limita a sua capacidade de enxergar as oportunidades e as ameaças que atuam ou podem atuar sobre a empresa. A forma correta de analisar o negócio é focar a análise no benefício, o que chamamos de visão estratégica.

      Desta forma, por exemplo, o negócio da Kopenhagen (fabricante de chocolates) é: "Estamos no Negócio de Presentes"! Este posicionamento permite a empresa definir estratégias de posicionamento no mercado. Como o negócio é presentear, pode a Kopenhagen praticar preços superiores a Garoto, Nestlé, etc. A embalagem dos produtos deve ser diferenciada, a localização de suas lojas, da mesma forma, estrategicamente definidas de acordo com a prerrogativa de presentear – inclusive funcionar em horários estratégicos de acordo com o público consumidor.

      Como vimos, definir o Negócio é definir o que queremos fazer em nossa empresa. Muitas vezes nos deparamos com dificuldades que podem estar relacionadas à correta definição do negócio. Por esta razão, preferimos adotar a seguinte definição de negócio: “Algo de valor que entregamos aos nossos Clientes”.

      Após definido o Negócio da empresa, podemos partir para formatação da Visão e Missão, assunto do nosso próximo blog e segundo passo para construção do Planejamento Estratégico. Não percam! Você é nosso convidado.

Postagens relacionadas

Negócios

Seja bem-vindo (a) ao nosso quarto blog de uma série de oito artigos sobre plan...

Negócios

Seja bem-vindo (a) ao nosso terceiro blog de uma série de oito artigos sobre pl...

Negócios

Estamos iniciando uma nova série de blogs, sempre abordando temas de gest...

Fique tranquilo, nós também odiamos spam.

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba dicas interessantes de gestão.