Planejamento Estratégico (Visão e Missão Organizacional)

Negócios 21 de Setembro de 2017

Planejamento Estratégico (Visão e Missão Organizacional)

Visão para a empresa ou entidade.

"Os grandes navegadores sempre sabem onde fica o Norte. Sabem aonde querem ir e o que fazer para chegar a seu destino. Com as grandes empresas acontece a mesma coisa: elas têm visão. É isso que lhes permite administrar a continuidade e a mudança simultaneamente." James Collins e Jerry Porras

A visão, no sentido organizacional ganha mais importância cada dia que passa devido ao fato de as empresas avançarem para modelos administrativos mais descentralizados e com menos gerentes médios. A visão deve promover os seguintes fatores:

- Mostrar onde a empresa está;

- Mostrar onde quer chegar;

- Apresentar os meios necessários para atingir os objetivos

É importante estabelecer uma visão nítida porque ela inspira e motiva, fornece orientação e promove o êxito, é essencial para as empresas e permite o benchmark do progresso e a avaliação dos resultados. Uma empresa com visão tem rumo, planeja seu futuro de forma eficiente e tem condições de trabalhar em conjunto. Após estabelecer e enunciar a visão, é necessário utilizá-la diariamente, por meio do comportamento e das escolhas e tomar decisões sempre em convergência com ela. O processo de elaboração da visão não pode estampar apenas paredes e cartões de visita. Mesmo que compartilhada por todos, será preciso determinação para manter a visão. Nossa visão, principalmente quando implica o modo como vemos a nós mesmos, sempre precisará ser protegida contra o desejo natural de escaparmos para uma zona cômoda. Para definirmos corretamente a visão da empresa, é necessário que façamos algumas perguntas:

- Qual é nosso objetivo?

- Qual é a força que nos impulsiona?

- Quais são nossos valores básicos?

- O que fazemos melhor?

- O que desejamos realizar?

- O que gostaríamos de mudar?

Uma vez respondidas essas perguntas, é preciso considerar as "barreiras" potenciais que poderiam bloquear o acesso a visão. Pode-se então desenvolver um plano de metas, objetivos mensuráveis e planos estratégicos para realizá-la. Os executivos que quiserem mudar a cultura organizacional precisam, antes, ter uma sólida compreensão da situação atual, como foi formulada e como está funcionando. É preciso ter uma clara ideia de onde se deseja chegar, como chegar lá e quais as possíveis consequências dessa tentativa. Quem queremos ser e aonde queremos chegar é nossa visão ou fim desejado. As metas, os planos e os objetivos mensuráveis são os meios para chegar lá: um mapa do caminho, claramente definido. As organizações que desejam criar e estabelecer uma visão eficaz precisam aplicar as perguntas e os planos acima mencionados segundo algumas diretrizes preestabelecidas: A visão deve ser relativamente atemporal. Talvez sejam necessárias alterações caso ocorram grandes mudanças no ambiente, mas a visão deve ser estabelecida como se nunca fosse mudar; Por outro lado, as metas e os objetivos (os meios) devem ser suficientemente flexíveis para possibilitar a realização da visão; Tanto a visão (o fim) como as metas e os objetivos (os meios) com ela relacionados devem ter como base um conjunto de princípios ou parâmetros; A visão deve incluir todos os integrantes da organização. Para ser estabelecida, a eficácia da visão depende, em última análise, da participação total dos membros da organização: eles precisam ser donos da visão para que esta possa ser implantada.

Missão e Abrangência da empresa ou entidade

- Missão: Qual a razão de ser da empresa ou entidade? Por que, e para que ela existe? Qual o seu papel no Brasil?

- Abrangência: Quais são os limites reais ou auto impostos para a atuação da empresa ou entidade? Onde e para que grupos humanos ele deve concentrar sua atenção, seu esforço e sua energia? Cite os limites geográficos, políticos, legais ou outros para atuação da empresa ou entidade.

"Uma empresa não se define pelo seu nome, estatuto ou produto que faz; ela se define pela sua missão. Somente uma definição clara da missão é razão de existir da organização e torna possíveis, claros e realistas os objetivos da empresa." Peter Drucker

"Uma missão bem difundida desenvolve nos funcionários um senso comum de oportunidade, direção, significância e realização. Uma missão bem explícita atua como uma mão invisível que guia os funcionários para um trabalho independente, mas coletivo, na direção da realização dos potenciais da empresa." Philip Kotler

Identificar a missão pode significar responder às seguintes perguntas:

- O que a empresa deve fazer?

- Para quem deve fazer?

- Porque deve fazer?

- Como deve fazer?

- Onde deve fazer?

- Qual a responsabilidade social deve ter?

Salientamos que nem sempre será necessário ou conveniente explicitar respostas para todas as perguntas, e nem necessariamente apresenta-las na ordem sugerida. Como a Missão é a expressão da razão da existência da empresa, em um ambiente em crescente mutação, é fundamental dota-la de flexibilidade para que possa acompanhar as mudanças ambientais. Outro aspecto importante em relação ao tema é que a Missão deve ter "a cara da empresa", uma espécie de sua carteira de identidade. Recomendamos um questionamento periódico da Missão, avaliando sua validade no ambiente da empresa. Se for preciso mudar parte ou toda a Missão, é melhor fazê-lo do que enfrentar as rejeições naturais a uma empresa que não consegue justificar sua existência. Alguns exemplos de Missão:

- McDonald's: "Servir alimentos de qualidade, com rapidez e simpatia, num ambiente limpo e agradável."

- FORD: "Nossa missão é atender às necessidades de transporte de nossos clientes, aprimorando nossos produtos e serviços, prosperando com a empresa e proporcionando retomo aos acionistas."

- GM: "Fornece produtos e serviços de tal qualidade que nossos clientes sintam que receberam mais pelo que pagaram, nossos empregados e parceiros de negócios se beneficiem de nosso êxito e os nossos acionistas tenham maior retorno do seu investimento."

  Nosso próximo blog irá abordar Princípios e Valores organizacionais. Não perca! Você é nosso convidado.

Postagens relacionadas

Negócios

Seja bem-vindo (a) ao nosso quarto blog de uma série de oito artigos sobre plan...

Negócios

Neste segundo blog, de uma série de oito artigos sobre planejamento estratégic...

Negócios

Estamos iniciando uma nova série de blogs, sempre abordando temas de gest...

Fique tranquilo, nós também odiamos spam.

Assine nossa newsletter

Deixe seu e-mail e receba dicas interessantes de gestão.