BLOG TI

Notícias, Informações e Novidades
Entre Em Contato
Soluções

Quando Devo Contratar uma Consultoria ?

      Uma das dúvidas que sempre paira na cabeça dos gestores é a possibilidade da contratação de consultorias para empresa. As consultorias atuam nos mais diversos staffs das empresas e podem trazer resultados interessantes no curto, médio e longo prazos. Neste blog iremos abordar algumas questões “consultivas” que poderão auxiliar o gestor na difícil decisão de trazer para sua empresa uma consultoria.

    Algumas premissas são importantes quando falamos de consultorias; antes, porém, vamos entender melhor o papel da consultoria e algumas premissas importantes:

– Um Consultor costuma dar conselhos ao cenário ou situação; mas normalmente não implementa seus próprios conselhos, que, muitas vezes, podem estar vinculados a outros produtos ou serviços da própria consultoria. Muitas vezes é difícil entender o escopo do trabalho do Consultor. Para minimizar os riscos, um projeto bem elaborado pode ser o diferencial para o sucesso da operação;

– A consultoria tende a ter suas próprias regras e procedimentos; é crucial um Consultor poder analisar situações e interpolar livremente à cerca das possíveis soluções – este é um forte indício de que a seleção da consultoria é talvez a parte mais importante do processo decisório. Quanto mais conhecermos os resultados que a consultoria obteve em outras empresas (cases) mais perto da assertividade estaremos;

– Temos que lembrar que o Consultor normalmente é um generalista, salvo consultores contratados para operações específicas, a exemplo da apuração de custos, definição de tempos e métodos… Na condição de generalista, é possível que um gerente da empresa conheça mais profundamente do que o Consultor algum tema específico. Nestes casos precisamos entender que a consultoria está de olho em todo processo, e este, talvez, seja o maior benefício que está sendo proposto para empresa. Aliar a visão sistêmica com a visão da área pode ser a saída para este impasse;

– Cultura: antes de contratar uma consultoria é importante entender se a cultura empresarial admite esta decisão. Consultorias tem por hábito “sacudir as coisas”, propor o exercício de “pensar fora da caixa” ou mesmo desafiar as pessoas em buscar melhoria nos mais diversos processos. Um exemplo clássico é a inserção da gestão por orçamento: decidir adiar uma compra ou aquisição por não ter saldo na rubrica contábil pode alterar a animosidade no dia a dia. Outro exemplo á a contratação de sistemas de gestão, principalmente ERPs. Muitas vezes a aplicação dos processos e controles indicados pela consultoria poderá exigir ferramentas apoiadoras (sistemas). Estes, por sua vez, demandam investimento, habilidade em processos por parte dos colaboradores, cultura para utilização de recursos tecnológicos (em todos os sentidos), disponibilidade (tempo), seleção da melhor opção na prestação de serviços entre outros fatores.

      Como pudemos perceber, contratar consultoria não é uma tarefa simples – mas pode ser uma importante válvula propulsora para o crescimento e sucesso das empresas.

      E você, está confortável para decidir sobre a contratação ou não de uma consultoria em sua empresa?

Destaques do Blog TI
  • Negócios
    O mundo dos negócios sofreu transformações ao longo do tempo. O cenário de hoje sugere atenção às pessoas dentro das empresas, ou seja, o sucesso […]
  • Tecnologia
    O mais novo produto da TI – entrega acesso mais rápido e eficiente a informações para a tomada de decisão da alta gestão: Conheça LIV, sua […]
  • Negócios
    Esta prática, consiste em gerir e acompanhar a situação ou mesmo a evolução que os bens de uma organização podem sofrer. Ativos, por definição, são […]